Site exclusivo para conhecer mulheres japonesas faz sucesso no Brasil

0
conquista mulheres japoneses

Tradicionais e cheias de um charme cativante, às mulheres japonesas tem despertado desde sempre sentimentos intensos em homens do mundo inteiro.

Talvez por causa de sua graça e suas características principalmente meigas elas consigam transmitir a todos uma sensação de conexão que vai além do simples gostar.

Porém, não deixe que todo esse tradicionalismo limite sua visão, as mulheres japonesas podem ser muito intensas e fazerem você perder a cabeça de paixão.

Por isso, além de descobrir o melhor site para conhecê-las, nesse post também daremos algumas dicas de especialista que você poderá utilizar para demonstrar seu interesse e finalmente ter uma chance de conquistar uma mulher japonesa.

>> Clique aqui para conhecer mulheres japonesas agora <<

Mas, você já deve ter pensado, o nosso país é tão grande que seria complicado encontrar solteiros do Japão facilmente por aí. Porém, a boa notícia é que já existe um site de encontros específicos para quem quer conhecer pessoas da terra do sol nascente. Não perca!

JapanCupid: o site de namoro do Japão

app para conhecer mulher japonesa
O site JapanCupid é muito popular no mundo inteiro, com quase 1 milhão de visitas mensais

O site de namoro JapanCupid é o preferido na hora da paquera com japoneses. O aplicativo é bastante popular nos Estados Unidos, Japão e alguns países da Europa.

E no Brasil o número de membros é cada vez maior já que, o nosso país abriga a maior população de origem japonesa fora do Japão. São cerca de 1,5 milhão de nikkeis (日系?).

Os nipo-brasileiros (em japonês 日系ブラジル人, nikkei burajiru-jin), cidadãos brasileiros com ascendentes japoneses, encontram no site JapanCupid uma excelente alternativa para conhecer pessoas similares.

Fundado em 2005, o JapanCupid faz parte do grupo Cupid Media. Ou seja, o site é de excelente qualidade, oferece ferramentas úteis e um ambiente seguro e confiável. O lado positivo é que várias funcionalidades podem ser usadas gratuitamente, como por exemplo acessar sua lista de perfis recomendados.

O cadastro é totalmente gratuito e pode ser feito rapidamente fornecendo seus dados pessoais ou se registrando através do Facebook. O site também pode ser usado em smartphones Android, já que o aplicativo pode ser baixado grátis na Google Play.

Para visitar o site e conhecer solteiros japoneses grátis clique aqui!

Dicas para conquistar mulheres japonesas

1 – As mulheres japonesas são bem tímidas

Um dos fatos mais marcantes sobre o Japão e a cultura japonesa em si é que eles possuem uma cultura um pouco mais fechada. Para ser mais claro 98% da população do Japão é composta por japoneses enquanto que apenas 2% da população são de estrangeiros.

Então, é muito difícil para as mulheres japonesas conseguirem entender completamente a nossa cultura. Além disso, os homens japoneses são tímidos.

O motivo de eu mencionar esse fato é para que você entenda que mulheres do Japão não estão acostumadas a simplesmente ir direto ao assunto, por isso se aproxime com delicadeza e respeito. Não se sinta mau caso às mulheres com quem você conversa fiquem muito quietas, é apenas o jeito delas.

solteiros japoneses japancupid2 – A paquera deve ser discreta e respeitosa

Um dos principais pontos em paquerar mulheres japonesas é que por serem muito tímidas e reservadas elas não se sentirão confortáveis se às pessoas ao seu redor perceberem que elas estão sendo paqueradas.

Sendo assim, a sua melhor opção nessa situação é tentar agir com naturalidade. Evite gestos expansivos típicos das paqueras ocidentais. O melhor é evitar as demonstrações públicas de afeto.

Evite o contato físico e tenha paciência. Se ela realmente gosta da sua companhia você saberá pelos sorrisos tímidos e pela atenção que ela irá te dar. Não tente apressar as coisas ou você pode acabar perdendo a gata oriental.

>> Conheça o JapanCupid e conecte-se com solteiras japonesas <<

3 – O lugar ideal para encontrar uma mulher japonesa

Esse é um tópico complicado. A maioria das mulheres japonesas possui dificuldades em se colocar numa posição de mostrar que estão prontas ou a procura de um relacionamento.

Por isso, nos primeiros contatos evite locais restritos. Além disso não caia na tentação de procurar um lugar mais íntimo e acolhedor. Tente marcar seus encontros em locais públicos e manter claro o seu respeito.

A ideia de estar em um local público tem duas utilidades nesse tipo específico de paquera. O primeiro é que você estará protegendo a honra da sua pretendente. A segunda é mais cultural, já que no Japão existe uma linha de pensamento muito comum que diz que em locais públicos como o shopping às pessoas estão ocupadas demais para se preocupar com os outros.

Sendo assim, dedicar o seu tempo a uma pessoa em um local público mostra que você se importa muito com ela.

4 – Conhecer um pouco de vocabulário e cultura japonesa

A cultura e a língua japonesa são de extrema importância já que eles são bem tradicionais. Por isso, mesmo às mulheres japonesas mais jovens, que possuem uma maior liberdade, consideram importante o interesse por sua cultura.

Uma mulher japonesa com a mente aberta não terá problemas para se relacionar com estrangeiros, porém apreciam muito o esforço de que o parceiro tente abraçar um pouco da dos costumes e tradições do seu país.

O fato é que o Japão possui uma língua linda e cheia de entonações que servem para comunicar mais do que intenções diretas.

Sendo assim, fazer um pequeno esforço e aprender algumas palavras em japonês pode mostrar para sua pretendida que você está disposto a conhecer um pouco melhor sua cultura. Isso é sinal de que você não quer apenas adaptá-la ao modo de vida ocidental, mas sim, que está disposto a conhecê-la de verdade.

5 – Mulheres japonesas dão muito valor a educação

mulher japao

Outro detalhe da cultura que é muito valorizado pelas mulheres do Japão e pelo povo japonês como um todo é a educação.

Nessa cultura é simplesmente inaceitável que uma pessoa seja rude com outro ou mesmo que deixe de lado às cortesias do dia a dia que nós ocidentais costumamos esquecer com tanta facilidade.

Então, quando estiver paquerando essas mulheres você precisa estar atento para alguns fatos e momentos que exigem a etiqueta adequada.

Por exemplo, ao chegar ao local onde você irá encontrar sua pretendida faça um comprimento, bom dia, boa tarde, boa noite.

Se ela não estiver sozinha faça o comprimento inicial e espere que ela te apresente às demais pessoas para que você possa cumprimentar a todos, e nunca se esqueça de dizer, por favor, e obrigado, (se possível faça tudo isso em japonês).

>> Clique aqui para conhecer mulheres japonesas grátis <<

6 – É preciso estar atento aos sinais

Mulheres japonesas não costumam dar sinais diretos de que estão gostando de sua companhia ou mesmo que estão interessadas em um relacionamento. Mas, para compensar os sinais indiretos que elas usam costumam ser bastante claros. Fique de olho!

Por exemplo, marcar um encontro no final de semana, escolher o local do encontro mais próximo da casa ou hotel dela. Aceitar se encontrar em um local menos lotado como, trocando o shopping ou o bar por uma tarde em um parque ou em um lago.

Se chegar a esse ponto significa que ela está interessada, então se mantenha firme na conquista.

Sem generalizar, cada mulher é um universo

A arte da conquista e da sedução nem sempre é uma matemática. É preciso levar em consideração diversos fatores e a personalidade de cada pessoa.

De uma forma geral, as mulheres do Japão são mais tímidas, reservadas e exigentes. Tudo isso devido à cultura oriental e alguns valores e tradições que ainda são vistos com bons olhos por esse povo.

No Brasil existe uma comunidade japonesa muito forte. Por isso, pode ser que você encontre garotas com descendência japonesa, mas que já tem uma forma de vida mais ocidental.

Ou seja, não existe um estereotipo. Você poderá encontrar mulheres de todos os estilos, personalidade e preferências. O que importa é se deixar levar e ir conhecendo a pessoa aos poucos. Nada de forçar a barra, na hora da conquista ser natural e deixa fluir é o mais importante.

Gostou? Dê a sua nota

4.3
Votos: 3
Rodrigo Barros
Jornalista, leonino e cervejeiro. Escreve sem rodeios e vai direto ao ponto. Metade canalha e metade romântico. Um cara fora do normal que gosta de escrever sobre sexo, amor e todas essas paradas ocultas do universo masculino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui