O futuro dos encontros online

O flerte tradicional ainda existe e nunca sairá de moda. Mas, é cada vez maior o número de solteiros que preferem apostar em uma app ou um site para ter uma nova relação. Mas será que os encontros online continuaram crescendo como a forma de paquera preferida de homens e mulheres?

0
futuro dos encontros online
Cada vez mais pessoas colocam suas expectativas em apps e sites de encontros online para paquerar ou buscar relacionamento sério

Conhecer pessoas interessantes em meio a uma rotina estressante, e em que cada minuto precisa ser otimizado parece difícil não é mesmo? E realmente é! Mas os encontros online te sido uma opção utilizada cada vez mais pelos solteiros que buscam praticidade e eficiência na hora do flerte.

Afinal, as pessoas acabam assumindo tantos compromissos: trabalho, faculdade, academia, cursos de idiomas, amigos e família. E com tudo isso, acaba se tornando difícil conhecer novas pessoas que não estejam inseridas nesse contexto social já existente.

Acontece que para muitos, o “par perfeito” não está no meio dessa rotina conturbada. Seu par não é alguém que já é amigo dos seus amigos, e que você vai conhecer em uma sexta-feira casual entre alguns drinques. E mesmo com tantos compromissos na agenda, uma hora o sentimento de solidão acaba batendo a porta!


E exatamente por esse misto de uma vida ocupada e o desejo de conhecer alguém que caiba na agenda, os algoritmos usados pelos sites e aplicativos de encontros online acabam sendo tão úteis! A realidade é que o seu par perfeito não é necessariamente aquela pessoa linda que te faz suspirar.

Mas pode ser alguém bacana, que possui os mesmos gostos que você e está cadastrado em um aplicativo de paquera, como a maioria dos brasileiros, em busca de conhecer alguém com afinidades.

Os melhores sites de relacionamento sério do mercado usam algoritmos baseados em diversas informações sobre você para te ajudar a encontrar alguém que combine com o que você está procurando, e acredite, funciona!

Funciona porque a inteligência artificial usada para encontrar o amor é abastecida pelos dados que você mesmo fornece e às vezes sequer percebe.

Encontros online: maior índice de compatibilidade

Muitas vezes não acreditamos que os sites de encontros online, mas não nos damos conta que eles utilizam as informações que estão disponíveis online e foram fornecidas por nós mesmos: o que gostamos de fazer, os locais onde se faz check-in, idade, onde trabalha, círculo de amigos, toda a nossa vida está exposta em redes sociais e páginas profissionais.

Ao olhar essas informações, você tem indícios sobre o comportamento de alguém, e é justamente isso que os algoritmos calculam para indicar alguém compatível.

Os computadores com seu alto poder de processamento de dados conseguem estipular pessoas que realmente possuem compatibilidade baseado em centenas e até milhares de dados fornecidos em conversas, visitas a sites e curtidas por exemplo.

Além disso, o grande número de usuários online e cadastrados em plataformas de namoro aumenta exponencialmente sua chance de conhecer alguém com os mesmos interesses.

Afinal, essa pessoa pode estar do outro lado da sua cidade ou até mesmo pertinho da sua casa, e vocês nunca pegaram o mesmo ônibus ou se viram na padaria.

Brasilieiros usam cada vez mais apps de encontro online

encontros online
Usar apps e sites para ter um encontro online é uma das formas preferidas dos brasileiros para conhecer pessoas novas

Uma pesquisa da Happn Brasil em parceria com a YouGov realizada no ano de 2017, revelou que 60% dos brasileiros utilizan os encontros online através de aplicativos ou sites.

E 20% desses entrevistados encontrou alguém com quem namora ou já namorou, a partir do uso desses aplicativos. Você ainda tem dúvidas de que funciona?

Cada vez mais os aplicativos estão especializados para atrair pessoas com os mesmos interesses: aplicativos para pessoas evangélicas, aplicativos apenas para encontros casuais, aplicativos para maiores de 50 anos, e por aí vai.

Alguns aplicativos permitem classificar as pessoas até mesmo pelos locais onde elas estão, para que o seu par ideal possa ser calculado com base nos locais que ambos frequentam. Para isso, utilizam os dados do GPS do seu celular!

Dados e privacidade nos encontros pela internet

Apesar de ao primeiro olhar o uso dos dados que fornecemos, serem usados “a nosso favor” na busca de um par ideal, de certo modo, a análise dos nossos dados é uma invasão de privacidade.

Até mesmo porque, para utilizarmos essas tecnologias autorizamos que os aplicativos acessem todas as informações possíveis de serem vistas a partir de: GPS, celular, mensagens em outros aplicativos, e tudo que foi feito a partir dos nossos smartphones acaba por ser acessado indiscriminadamente.

Isso não gera nenhum incômodo enquanto está sendo “usado a nosso favor”, mas e quando esses dados são vazados? Recentemente o jornal The New York Times revelou o vazamento de dados de milhões de usuários do Facebook.

O uso dos dados tem relação com a campanha presidencial dos estados Unidos de 2016, investiga-se que os dados foram usados para influenciar as pessoas a votarem no candidato eleito, onde sua campanha eleitoral diria exatamente o que os dados revelaram ser “o que o povo quer ouvir de um presidente”.

Questões como essa tem servido de alerta para que milhares de usuários de redes sociais diminuam a sua exposição nas redes.

O amor e os dispositivos

Mas afinal, existe mesmo essa tal combinação perfeita? Acontece que muitas vezes nem mesmo a pessoa sabe o que está buscando em um relacionamento, ou que tipo de pessoa lhe atrai.

E isso gera múltiplos relacionamentos frustrados, e esse comportamento pode facilmente ser repetido nas redes sociais, a tendência natural é escolhermos a pessoa mais bonita, mais inteligente, mais engraçada, a escolha do par se dá baseada em fatores muito superficiais e frágeis. Por isso mesmo, a dificuldade de manter relacionamentos duradouros e estáveis.

A promessa dos aplicativos e sites de namoro, é que a partir da análise comportamental de cada indivíduo, os algoritmos indicam alguém que combine com o seu comportamento, mesmo que você não saiba exatamente o que está procurando.

E se você ainda tem dúvidas de que os sites e aplicativos realmente funcionam, saiba que muitos pesquisadores estão obstinados a encontrar respostas sobre a efetividade das relações online.

Em um estudo publicado em 2016 no periódico da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, os pesquisadores revelaram que os casais que se conhecem em relacionamentos online têm menos probabilidade de se divorciarem, apenas 6% doas casais que se conheceram online e foram acompanhados pelo estudo se divorciaram, contra 8% dos casais “tradicionais” que se conheceram por métodos offline.

Essa pesquisa acompanhou 19.131 pessoas que se casaram entre 2005 e 2012. Vários outros estudos apontam que de fato o amor que começa online existe e está mudando a forma como nos relacionamos.

Online ou offline, a verdade é que todas as pessoas desejam e merecem encontrar um amor para a vida toda!

Gostou? Dê a sua nota!

5
Votos: 1
Rodrigo Barros
Jornalista, leonino e cervejeiro. Escreve sem rodeios e vai direto ao ponto. Metade canalha e metade romântico. Um cara fora do normal que gosta de escrever sobre sexo, amor e todas essas paradas ocultas do universo masculino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui