Início » Relacionamento sério » Como superar o término do relacionamento segundo a psicologia

Como superar o término do relacionamento segundo a psicologia

como superar um separação

Quando o amor acaba e o casal se separa, muitos sentimentos e emoções ficam a flor da pele. Como superar uma separação? Embora seja difícil aceitá-lo, nada é para sempre e até os melhores relacionamentos chegam ao fim. Se você se encontra nessa situação, está no lugar certo.

Quando o amor termina e o casal se separa, muitos sentimentos, emoções e preocupações vêm à tona. É provável que você se sinta triste ou pessimista, se sinta perdido e não saiba muito bem como lidar com a situação.

Sem dúvidas, esse é um processo que pode ser bastante difícil, mas aqui estamos nós e, principalmente, a psicologia que pode abrir um novo caminho para você. Continue lendo e descubra conselhos valiosos para superar uma separação!

Quais são as 5 fases do luto por uma separação?

5 fases luto por ruptura amorosa

Pode parecer exagerado, mas terminar um relacionamento pode ser equiparado à morte de um familiar. Em ambos casos, alguém que pensávamos ser essencial para nós sai de nossas vidas e nos deixa um grande vazio, principalmente quando se trata de uma pessoa com quem convivemos há muito tempo.

De acordo com a psicóloga britânica Jo Hemmings, do ponto de vista emocional, existem cinco fases de luto em um término traumático:

Negação: Esta é a primeira reação após o choque inicial. Não queremos acreditar que o que está acontecendo é real, essa é uma forma de defesa que nossa mente tem para nos proteger. Normalmente, essa fase dura apenas alguns dias, mas pode levar mais tempo se casal continuar em contato ou se os motivos dessa decisão não forem totalmente claros ou forem repentinos.

Raiva: este é o próximo desafio que você deverá passar e superar. Sua cabeça está constantemente refletindo sobre a pergunta “por quê?” e é normal que surjam sentimentos de raiva, rancor ou ressentimento. A vingança e o castigo podem parecer a resposta perfeita para se sentir um pouco mais aliviado por viver essa injustiça.

Negociação: você sente que viver sem o seu parceiro é como estar à beira de um precipício e quer evitá-lo a todo custo. Nessa fase é normal que existam muitos esforços para recuperar o amor inicial. Negociar pode ser uma solução, porém em rompimentos irreversíveis é apenar uma maneira de não admitir que a relação realmente chegou ao fim.

Depressão: uma vez que os outros estágios são deixados para trás, é normal que a tristeza e a dor tomem conta de nós. Lembre-se de que é necessário passar por essas sensações para que você possa se recuperar. Querer evitá-las apenas atrasará a cura.

Aceitação: Parabéns! Se você chegar até aqui, terá alcançado a meta e o processo concluído. No estado de aceitação, você terá um humor positivo e estável, poderá até pensar em seu ex sem dor ou angústia. Você vai se sentir liberado e capaz de recomeçar.

A psicologia diz como superar o término do relacionamento

7 conselhos psicologia superar término relacionamento

Assim como vamos ao médico quando detectamos alguma doença em nosso corpo, é igualmente importante ter um suporte psicológico para lidar da melhor maneira possível com uma separação amorosa. Dessa forma, além de começar a se conhecer de forma mais profunda, você terá uma perspectiva científica para entender os seus processos internos durante a fase de luto pela separação.

Fique atento a seis conselhos psicológicos para superar o término de forma saudável e sair fortalecido.

1. Não guarde tudo para você

O primeiro passo para superar o fim de um relacionamento é compartilhar a sua dor com outras pessoas. Sua família e amigos testemunharam o seu relacionamento amoroso desde o início, por isso podem desempenhar um papel importante nesse momento de dor. Busque apoio no seu círculo de pessoas próximas e confiáveis.

2. Aceite a dor

M. Gómez Sancho em «Dor e sofrimento. O problema do sentido”, publicado na Revista da Sociedade Espanhola da Dor, diz que “a dor é uma porta para algo maior e mais belo, um desafio que impulsiona a superação”. Ou seja, é fundamental aceitar essa emoção e entender que a dor é uma peça fundamental do processo de cura.

3. Pense no futuro

Uma boa maneira de combater as memórias idealizadas e a nostalgia é olhar para o futuro. Quando os pensamentos e emoções desse passado comum invadirem você, anote-os e tente analisá-los desde uma perspectiva crítica. Você verá que nem tudo foi tão maravilhoso quanto parecia.

4. Entenda o porquê

Como mencionamos, quando os motivos da separação são confusos, o processo de superação pode ser retardado. É preciso conhecer a fundo quais foram os fatores que desencadearam esse desfecho, principalmente se foi a outra pessoa que tomou a decisão.

5. Mude alguns hábitos

Quando falamos sobre como superar um rompimento de um relacionamento longo, adquirir novos hábitos pode ser o caminho para a salvação. Praticar esportes e ser mais ativo fisicamente, por exemplo, o ajudará a eliminar pensamentos intrusivos e a ansiedade.

6. Passe tempo sozinho

Talvez seja uma das coisas mais difíceis depois de uma separação, mas, ao mesmo tempo, algo essencial. Aprender a ficar sozinho e desfrutar de sua própria companhia é a melhor maneira de cultivar a felicidade. Thuy-vy Nguyen, professor do Departamento de Psicologia da Universidade de Durham, mostra que a solidão é fundamental para regular nossas emoções e pode até nos preparar para interagir melhor com outras pessoas.

Finalmente, ter ajuda profissional pode ser muito interessante e benéfico para você. Quer tenha superado ou não, um psicólogo especializado nesta área poderá promover o seu crescimento e desenvolvimento pessoal através de soluções e métodos eficazes e duradouros adaptados ao seu caso específico.

É uma situação complicada e triste, mas passar por uma separação, pode marcar um antes e depois em sua vida. Encare a situação como uma oportunidade de crescer e evoluir como pessoa.

Lembre-se de vivenciar cada uma das fases do luto, é importante que você não reprima seus sentimentos. Não tenha medo do que o futuro lhe reserva e aposte na ciência para alcançar a estabilidade emocional e a paz que você precisa agora.